Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina

Experiências e roteiros ao ar livre ganham espaço no turismo
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina. Finalmente, o inverno de 2020 começou oficialmente no último dia 20/06, às 18h44min. Porém, bem ao contrário do que se esperava. Portanto, o inverno começou sem muito frio em, inclusive com temperaturas próximas de 30 ºC em regiões como o oeste catarinense. Assim, embora o outono deste ano tenha sido marcado por temperaturas negativas, geadas e frequentes atuações de massas frias, nos primeiros dias do inverno não há indicativo de frio intenso. Dessa forma, vai dar praia no litoral. Assim sendo, a primeira massa de ar frio da estação está prevista somente para o final de junho e chega um pouco tímida, com poucas chances de temperatura negativa.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina

FRENTE FRIA

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina – Geada – Foto: Mycchel Legnaghi São Joaquim / Online
Além disso, segundo a Epagri/Ciram, se a primeira quinzena de junho tenha sido favorável para uma boa distribuição da chuva no estado, (eu não vi isso, muito pelo contrário, seca total), nos primeiros dias do inverno a precipitação ficará concentrada em um curto período. Portanto, segundo eles, até o final do mês, apenas uma única frente fria é esperada para o nosso estado, provocando chuva entre os dias 25 e 27/06.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Começar a segunda saboreando o galeto do Di Paolo é uma ótima maneira de iniciar a semana. Afinal, a gente merece! Crocante por fora, macio e suculento por dentro, o verdadeiro galeto al primo canto. Estamos com todos os restaurantes abertos ao público no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina – Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Garibaldi, Gramado, Porto Alegre e Recanto Maestro, além de Itapema.

GUIAS DE TURISMO

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Manual para guias de turismo Santur
A princípio, para orientar a gradual retomada das atividades turísticas no estado, a Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) lançou, nesta última sexta-feira (19), um manual com o detalhamento das regras sanitárias aplicadas aos serviços presenciais de guiamento e excursões turísticas. Sendo assim, o material compila resoluções já publicadas e orienta sobre as práticas de proteção adequadas para evitar a disseminação da Covid-19, como higienização, distanciamento e outras regras que visam preservar a saúde de trabalhadores e visitantes.
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Mané Ferrari – Foto Divulgação
Dessa forma, os prestadores de serviços dessas atividades também devem observar as normas sanitárias relacionadas a alojamentos, alimentação, atividades esportivas ao ar livre, parques e praças de entretenimento, zoológicos, entre outras. – De fato, a Santur tem trabalhado na elaboração dos guias com recomendações de segurança para diferentes segmentos do turismo para facilitar o acesso às informações, sempre tendo em vista que o mais relevante é preservar a saúde das pessoas. Definitivamente, é importante que essas normas sanitárias sejam seguidas para que a retomada do turismo seja viável e avance – enfatiza o presidente da Santur, Mané Ferrari. Acesse o “Manual com recomendações para guias e excursões”, em Santa Catarina

PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Cataratas do Iguaçu – Foto: Jefferson Severino
A princípio, cerca de 2 mil pessoas visitaram o Parque Nacional do Iguaçu nos últimos sete dias, desde sua reabertura, dia 10 de junho. De fato, a maior parte dos visitantes são moradores de Foz do Iguaçu e cidades vizinhas ao parque. Sendo assim, nesta primeira fase de reabertura, a unidade atende de terça-feira a domingo, das 9 às 16 horas. Com isso, todas as segundas-feiras o atrativo é fechado para visitação turística. Definitivamente, o parque está passando por um minucioso trabalho de sanitização de todo o passeio, oferecendo ainda mais proteção e tranquilidade aos visitantes. Deszsa maneira, o Parque Nacional do Iguaçu realiza o controle individual de acesso de todos os visitantes com uma barreira sanitária instalada no Centro de Visitantes
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
A melhor atração gastronômica de Foz do Iguaçu

CONECTADOS

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Cataratas do Iguaçu – Foto: Jefferson Severino
Além disso, os ingressos para visitar o Parque Nacional do Iguaçu são vendidos exclusivamente on-line no site www.cataratasdoiguacu.com.br. Portanto, o visitante precisa realizar a compra do ingresso e agendar o dia e o horário da visita. Diante disso, a compra esta sujeita à disponibilidade de vagas. Em vista disso, o parque oferece 350 vagas de ingressos por hora, nesta primeira fase da reabertura.
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Cataratas do Iguaçu – Foto: Jefferson Severino
De fato, a venda on-line e a limitação de público por horário foram planejadas para manter o controle e o distanciamento entre as pessoas. Enquanto isso, moradores de Foz do Iguaçu e das outras 13 cidades vizinhas possuem 90% de desconto para visitar o Parque Nacional do Iguaçu com o Passe Comunidade. Logo, essa categoria de ingresso não é disponibilizada on-line. Então, esse visitante precisa comprovar residência em uma dessas cidades, conforme regulamento do Passe Comunidade, disponível no site www.cataratasdoiguacu.com.br, e apresentar o comprovante presencialmente na aquisição do ingresso no parque.
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
O Boqueirão Hotel Fazenda e Resort de Campo, em lages – SC, estão com o mês de Julho repleto de novidades e, de segunda a quinta-feira o famoso fondue. Faço a tua reserva clicando no baner.

TURISMO ARGENTINO DEBATE RETOMADA

Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
El Calafate – Fotos: Jefferson Severino
Embora o mundo esteja se reabrindo para o turismo, a Argentina, finalmente, ensaia os primeiros passos para a retomada. Assim, cerca de 250 municípios turísticos daquele país se reuniram na última sexta-feira, 19, virtualmente,  denominada “mesa federal”. Dessa forma, os líderes provinciais colaboram com a rede para promover a participação dos municípios neste espaço. Portanto, o encontro foi gratuito e implementado com o apoio da Universidade Blas Pascal e do Instituto de Pesquisa em Turismo. Igualmente, com participação ativa dos municípios, instância federal e formado por gerentes locais de turismo de todo o país.
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Hotel Posada Los Alamos – A casa dos brasileiros em El Calafate – Foto: Jefferson Severino – Clique na foto e confira esse hotel cinematográfico.

VISÕES E REALIDADES

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Ushuaia – Patagônia Fantástica Argentina – Destino preferido dos brasileiros de alta classe – Até setembro, no mínimo sem conexões aéreas. Mataram o turismo argentino. Fotos: Jefferson Severino
Assim sendo, as diferentes visões e realidades dos municípios sobre a situação atual foram compartilhadas e com uma agenda que incluiu: reativação progressiva, destino turístico seguro, contenção por teletrabalho e marketing de destino. Da mesma forma, houve apresentações de programas educacionais relacionados ao serviço turístico seguro e ao turismo sustentável, que compartilham a visão acadêmica e territorial.
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Cilene del Faro, a casa dos brasileiros em Ushuaia – Foto – Jefferson Severino – Clique na foto e confira esse espetáculo de frente para o Canal de Beagle.

REFERÊNCIAS DO TRADE

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
El Calafate – Junho 2020 – Nunca vi tanta neve nessa fenomenal cidade
De fato, tardiamente, pois o país continua completamente fechado para o turismo. Logo, participaram os principais expositores que serão referências da cidade de Salta e; Purmamarca, Jujuy; Villa La Angostura e San Martín de los Andes, na província de Neuquén; Puerto Madryn, província de Chubut; Mar del Plata, Villa Gesell e Pinamar da província de Buenos Aires e El Calafate, da província de Santa Cruz. Do mesmo modo Villa Carlos Paz, de Córdoba, Puerto Iguazú, de Misiones e cidades como Rosario, Buenos Aires, entre outros da Argentina. Ao mesmo tempo, contou com a participação especial de Punta del Este.
Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Agora sim, temos o verdadeiro AÇAÍ do Pará. Cauê – Sabores da Mata. Além disso, como saborosas comidas típicas desse estado, que é a Joia da Amazônia. Nada de mistura, não é o que você deseja, da primeira e da segunda batida. Confira alguns dias ou o verdadeiro sorvete de açaí que você só poderá tomar na Estação das Docas em Belém. Além disso, eles também são distribuidores.

ALTA TEMPORADA ARGENTINA

Tempo louco, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Ushuaia – Estação Invernal Las Cotorras – Foto: Hugo Flores/Siberianos del Fuego
Rigorosamente falando, o turismo é uma forte atração na Argentina, principalmente agora, com as grandes nevadas que estão acontecendo nas estações de esqui, a exemplo de Ushuaia e El Calafate, que estão cobertas de neve. Entretanto, fechados e sem conectividade com o mundo por conta da decadente Aerolineas Argentinas, inimigo número um do turismo naquele país. Sob o mesmo ponto de vista, nós brasileiros costumamos invadir a espetacular Argentina e suas regiões invernais, que já estão sentindo o forte impacto negativo com a falta do turista número um, os Brasileiros. A falta de turistas põe por terra todo o trabalho desenvolvido pelo trade de turismo deles nas centenas de capacitações e feiras de turismo ao redor do mundo, lamentavelmente.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Viaje seguro com a Brocker Turismo – A melhor agência/operadora/receptivo da Serra Gaúcha

LATAM AIRLINES ARGENTINA

Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Boeing 777 – Latam – Foto: Divulgação
Além disso, a LATAM Airlines Argentina encerrou operações tanto de passageiros quanto de cargas, por um período indeterminado e transfere trechos à subsidiárias. O encerramento acontece principalmente pela dificuldade de construir acordos estruturais com os responsáveis da indústria local, não sendo possível visualizar um projeto viável e sustentável a longo prazo. A regulamentação argentina é catastrófica que sempre os discriminava a Latam em relação a decadente Aerolineas Argentinas. Além disso, a luta histórica com os sindicatos, que apenas recentemente diminuiu de intensidade. Sendo assim, os planos da Latam no Brasil são amplos. Portanto, foi anunciado um grande acordo de compartilhamento de código com a Azul que incluirá inicialmente 50 rotas nacionais não sobrepostas de e para as cidades de Brasília, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre, Curitiba, Campinas e São Paulo.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Será que a capital da Argentina será Havana?
Sendo assim, a LATAM Airlines Argentina deixará de voar de/para 12 destinos domésticos, enquanto os quatro destinos internacionais da subsidiária para os Estados Unidos, Brasil, Chile e Peru continuarão sendo operados pelas outras subsidiárias do Grupo, assim que as restrições impostas pelas autoridades locais em função da pandemia sejam encerradas. Finalmente, o sonho de monopólio da péssima Aerolineas Argentinas estará muito mais próximo.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Flybondi chega a Floripa – Foto: Jefferson Severino
Poucos Flybondi e JetSmart serão deixados na estrada, duas low costs que certamente irão capturar um pouco mais de participação de mercado. Além disso, certamente a Austral desaparecerá em alguns meses quando for absorvido por sua irmã mais velha, e os Andes poderá não voar novamente quando a pandemia passar. Mas quando os 12 aviões da Latam se aposentarem, pelo menos 80% do mercado estará em suas mãos. Lamentavelmente a Argentina seguira sem conectividade, sem turismo, sem concorrência e cobrando o que bem entender.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Já estão abertas as reservas para Julho. Clique no baner e confira

BRASIL COM MAIS CONECTIVIDADE AÉREA

Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Paulo Kakinoff, CEO da GOL – Divulgação
A princípio, o presidente da Gol, Paulo Kakinoff, revelou que a empresa prevê a a operação de 200 a 250 voos diário em julho. Sendo assim, a companhia marcará presença em 45 de suas 59 bases, e em 103 dos seus 154 mercados.  Segundo o cronograma da Gol, as cidades que estarão na malha de voos regulares da companhia em Julho são: Aracaju, Belém, Porto Seguro, Brasília, Boa Vista, Cascavel, Cuiabá, São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Campo Grande, Confins, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Goiânia, Foz do Iguaçu, Ilhéus, Juazeiro do Norte, Joinville, João Pessoa, Manaus, Macapá, Maceió, Maringá, Natal, Navegantes, Sinop, Passo Fundo, Palmas, Petrolina, Porto Alegre, Porto Velho, Rio Branco, Recife, São Luís, Salvador, Santarém, Teresina, Uberlândia, Viracopos, Vitória da Conquista, Vitória e Chapecó.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Gol prevê a a operação de 200 a 250 voos diário em julho – Foto: Jefferson Severino
Além destes, a Gol retomou, na semana passada, a comercialização de voos regionais para Rio Verde (GO), DouradoS (MS), Araçatuba (SP), São José do Rio Preto (SP), Barreiras (BA) e Araguaína (TO), todos operados pela parceira VoePass e com viagens a partir de 12 julho. Igualmente, para o final do ano, a companhia aérea deverá chegar a 70% da malha pré-crise.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
As melhores bikes, as melhores tripes, trilhas, pedais da Grande Florianópolis

IBÉRIA RETORNA AO BRASIL

Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Airbus 330-300 – Iberia – Foto: Divulgação
A priori, mais uma companhia aérea retorna ao Brasil. Desta vez é a Iberia que já tem data marcada para o seu retorno. Portanto, a partir de 2 de agosto a companhia aérea espanhola retornará, inicialmente, com três frequências semanais, ligando São Paulo (GRU) a Madri. Dessa forma, o voo IB 6827 decolará do Brasil às 17h25 aos domingos e às 17h35 às segundas e quartas-feiras. Dessa forma, o Airbus 330-300 será o equipamento responsável pelo serviço, com 26 assentos em executiva, 21 em econômica premium e 242 na econômica.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Pratas Thermas Resort – São Carlos – SC. Imagine reunir o conforto das melhores águas termais com o poder das pedras ametistas em um pacote especial para você cuidar da sua saúde. Isso tudo você encontra na parceria entre o Pratas Thermas e Ametista do Sul

NORWEGIAN AIR

Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Norwegian Air voltará a operar já a partir do dia 1º de julho – Foto: Forbes/Divulgação
Igualmente, a Norwegian Air voltará a operar já a partir do dia 1º de julho com voos de Londres (Gatwick) e Edimburgo para Oslo e Copenhague, segundo o Breaking Travel News. Nesse sentido, o CEO da aérea, Jacob Schram, afirmou que obteve um feedback dos clientes mostrando um desejo de retomar suas viagens com a low cost norueguesa. Igualmente, outros destinos e aumentos de frequência serão anunciados oportunamente, sujeitos à demanda de passageiros e a restrições de viagens do governo. Além disso, os próximos destinos da Norwegian seriam Espanha, Grécia e as principais cidades europeias.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Pousada Ilha do Papagaio – Um paraíso cinematográfico

SEGURO VIAGEM É ESSENCIAL 

Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Ter seguro viagem é essencial para 88% dos viajantes
Frequentemente a Travel Ace Assistancelíder em seguro aos viajantes na América Latina,  analisa o mercado mundial.  Em vista disso, realizou pesquisa com os clientes em seis países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. A priori, o intuito era saber mais sobre os viajantes e entender como são as perspectivas de futuro diante do novo cenário. Dessa forma, a pesquisa foi realizada no período de 27 de maio a 8 de junho,  com 2.147  clientes com idades a partir de dezoito anos. Assim, a visão é bastante positiva sobre a retomada do turismo, 50% acreditam que vão realizar a próxima viagem entre 4 e 8 meses  e  85%, pretendem fazer um roteiro internacional.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Federico Siri presidente da Travel Ace. Foto: Jefferson Severino –
Nesse ínterim, outros pontos que chamam a atenção é que 74% garantem que suas viagens serão de férias e em família, 43% por um período mínimo de 15 dias e 84%, pretendem se deslocar ao destino escolhido de avião. Além disso, a pesquisa constatou também, que 88% dos viajantes consideram item fundamental no planejamento do próximo destino: ter um seguro viagem. “Portanto, estar mais próximo neste momento se faz necessário e a pesquisa contribui para nortear o nosso trabalho ao longo da retomada do setor, na elaboração de estratégia, criação de novos produtos e, principalmente, no atendimento das expectativas dos nossos clientes. O viajante é o propósito da nossa existência”, afirma Federico Siri presidente da Travel Ace.
Tempo estranho, um inverno ao contrário começa em Santa Catarina
Meat Shop – O melhor endereço gastronômico de Jurerê Internacional

Leia ainda: Diagnóstico da Santur evidencia efeitos multiplicadores do turismo

turismoonline.net.br - O portal do turismo
turismoonline.net.br – O portal do turismo, hotelaria, gastronomia, cultura, destinos e viagens – Anuncie aqui: colunaonline@gmail.com

Siga este jornalista e fotógrafo no Instagran: @jeff_severino

No Youtube também!

Whats.Link: Jefferson Severino

Fotos: Divulgação / Jefferson Severino / Arquivos pessoais

Fonte:
Assessorias de Imprensa 

Leia ainda:

Diagnóstico evidencia efeitos multiplicadores do turismo

Alexandre Sampaio comenta realidade enfrentada pelo setor de hospedagem e alimentação no Brasil

Serra Catarinense começa a semana com fortes geadas

Experiências e roteiros ao ar livre ganham espaço no turismo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *