Nessa última terça-feira foi lançado o Código de Conduta

Foi lançado o Código de Conduta, Ministério do turismo em parceria com Instituto Federal de Brasília

Iniciativa do Ministério do Turismo em parceria com Instituto Federal de Brasília combate à exploração sexual de crianças e adolescentes no Turismo

O município paraense de Salvaterra, na Ilha de Marajó (PA), foi palco na última terça-feira (21.06) do lançamento do Código de Conduta Brasil, ação do Ministério do Turismo, em parceria com o Instituto Federal de Brasília (IFB), que tem como objetivo combater a exploração sexual de crianças e adolescentes no setor de Turismo. O evento fez parte do ciclo de entregas mensais do Programa Abrace o Marajó, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Como parte da agenda de lançamento, o IFB promoveu oficinas de sensibilização sobre o tema junto à comunidade local durante 02 dias. Foram oito horas por dia dedicadas ao levantamento de estratégias adequadas à região para a adoção do Código a partir dos problemas e saberes locais.

As oficinas foram organizadas pelas professoras do IFB, Sandra Tabosa e Simone Pinheiro, e tiveram como metodologia as sete Práticas da Pedagogia da Cooperação. Este é o passo do projeto que tem como meta ativar o Código de Conduta, nos próximos oito meses.

Para isso, serão realizadas ações de prevenção, sensibilização e divulgação direcionadas aos profissionais do Turismo. “Nosso governo tem a missão de proteger nossas crianças e adolescentes de qualquer tipo de exploração no turismo e o lançamento do Código de Conduta Brasil no Marajó, como parte do Programa Abrace o Marajó, mostra que este é um trabalho integrado e que conta com a parceria valorosa do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos”, afirmou o ministro do Turismo, Carlos Brito.

A coordenadora do projeto, Elissélia Paes, professora do IFB, explica quais serão as próximas fases. “Além do lançamento e das oficinas, faremos a atualização do Manual do Multiplicador, uma capacitação para a disseminação do Código e eventos para a divulgação destes produtos”, explicou. Para mais informações acesse AQUI.

ABRAJET E AFEET opoiám a campanha

Jornalistas profissionais de Turismo associados à ABRAJET Nacional (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo) e as executivas de Turismo associadas a AFEET Brasil (Associação Federativa de Executivas de Empresas Turísticas) também defendem a luta pelo combate à exploração sexual de crianças e adolescentes no Turismo e apóiam a iniciativa do Ministério do Turismo e Instituto Federal de Brasília (IFB).

Desde 2019, as duas Associações atuam para desenvolver ações conjuntas para conscientizar a população no combate do turismo sexual, um problema ainda no Brasil, e orientam a qualquer pessoa que presencie este tipo de conduta para que faça denúncia, mesmo que anônima, ligando para o Disque 100, telefone que funciona 24 horas por dia ininterruptamente.

Com informações do Mtur

Siga as redes sociais do Falando de Turismo

InstagramFacebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.